Advertisement

Main Ad

TS #658 A Inveja Pixel

Antes de qualquer coisa, já vou deixar claro que eu não sou alvo de inveja (não sinto que seja... tenho certeza de que não sou) e, portanto, a imagem é meramente ilustrativa. Até porque, a loirinha é meu outro eu. Então, ou eu estou tendo um surto psicótico fazendo minha eu loira invejar minha eu preta ou..... Tudo pom?

Agora vou contar uma historinha que aconteceu num reino distante. Era um a vez...

...num reino chamado Vida de Segunda, uma linda menina ruiva (eu ia escrever loira, mas não quero dar pinta) que vivia feliz em seu castelo, cercada de roupas da sua loja luxo e pessoas especiais. Sempre sorridente, a princesa era dona de um avatar phoda uma linda beleza e chamava a atenção por onde quer que passasse.

Um dia, chegou ao reino uma jovem garota de cabelos castanhos que se encantou pelo local. Enquanto admirava a tranquilidade em torno do castelo, a Jovenzinha viu, passando alegremente pela calçada, a princesa Ruivazinha. Foi encanto à primeira vista. A partir de então, a Jovenzinha passou a acompanhar todos os passos da princesinha, sempre atenta a qualquer chance de aproximação.

Percebendo que Ruivazinha estava sempre cercada de amigos, a Jovenzinha decidiu se mostrar a pessoa mais prestativa de todas. Certo dia, enquanto a princesa estava colhendo flores no jardim do castelo, a Jovenzinha parou em sua frente com um lindo buquê de flores do campo, decorado e perfumado.

- Olá! Vi que vc está a colher flores. Acredito que você precise enfeitar algum lugar. Então, lhe trouxe um buquê pronto. Não é justo alguém tão linda, bela, cheirosa, bonita, linda, linda, linda e delicada ficar sob o sol realizando um trabalho tão pesado. - disse, com a voz cheia de ternura, a Jovenzinha.

- Quanta gentileza! Realmente, eu estou colhendo flores para decorar o meu stand no evento quarto, que está tão sem vida sem as flores. Você me poupou muito trabalho. Obrigada. Posso lhe oferecer um chá? - agradeceu Ruivazinha, com carinho.

Durante o chá, Jovenzinha falou sobre sua vida, de como era sozinha, por ter sido traída e abandonada por pessoas que ela ajudou e como ela lutava, todos os dias, para seguir a vida. Ruivazinha sentiu seu coração se encher de compaixão.

E assim, como se elas se conhecessem a vida inteira, as duas meninas ficavam cada vez mais próximas. No início, a princesinha ficava envaidecida com cada elogio dito pela Jovenzinha, que sempre exaltava a beleza de Ruivazinha e o capricho que ela dedicava a tudo que fazia.

Com o passar do tempo, Jovenzinha foi sinalizando pequenos defeitos das outras pessoas que viviam próximas à princesa, na tentativa de afastar todos alertá-la. Agradecida por ter, agora, uma verdadeira amiga que a admirava e cuidava dela, Ruivazinha foi ficando cada vez mais distante de todas as outras pessoas.

Um dia, Jovenzinha resolveu fazer uma surpresa para a princesa. Ela sempre perguntava (dava inspect) a Ruivazinha onde ela preferia cuidar do cabelo, da pele etc. Foi então que, numa tarde de windlight de sol, Jovenzinha surgiu, no meio do castelo usando os cabelos, a pele, as unhas, a tatuagem e outros elementos que faziam parte da aparência da princesa.

- Gostou da surpresa? Eu quero ser você! - sorriu a Jovenzinha

Ruivazinha se assustou. Não esperava que toda admiração chegaria a ponto dela ter uma cópia dela bem ali. O choque fez com que a princesa pensasse em toda a relação que tinha com sua então amiga. Ela começou a se dar conta que toda aquela prestatividade e veneração pudesse se transformar em algo doentio.

Era tarde demais. Jovenzinha agora sabia tudo que era preciso sobre a princesa e estava disposta a ocupar o seu lugar, custasse o que custasse.

Fim


Poxa, o texto ficou imensoooooo. Era pra ser só uma introdução. Me empolguei. Sorry.

Agora eu aposto 10 pra 100 que vc já viu e/ou viveu essa história no SL (quem sabe até na vida real?!). É incrível a quantidade de casos onde as Jovenzinhas surgem, do nada, na vida de alguém, sempre se mostrando prestativas e admiradas, e acabam, tempos depois, fazendo as Ruivazinhas viverem um pesadelo, quando descobrem o mar de mentiras que foi criado em volta delas. 

Ser enganada por alguém que obsessivamente quer o seu lugar, não deve ser fácil. Fique ligada! Vc pode estar sendo a Ruivazinha da nossa história e esse post pode te ajudar. Basta observar como a Jovenzinha da sua vida vai falar desse texto pra vc. #FicaADica


Cansei ♥


Cabelo (a preta pegou primeiro, a outra foi lá e pegou tb): Bethy da Sintiklia

Bikini (a invejosa que deu): Beatrix Bikini da Unobella

Óculos: F15 glasses + phone da Veyard


P.S: se a carapuça de Jovenzinha foi do seu tamanho, lhe servindo na medida, eu não tenho nada a ver com  isso.

Postar um comentário

0 Comentários